Sub-categorias

Notícia

Presidente contesta avareza do Estado

Marcelo lembra falta de tributo e plena justiça Saúde. Novo apelo a pacto de regime.
Por Cristina Rita|12.11.17
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, colocou ontem o dedo na ferida: a avareza do Estado para os ex-combatentes.

"Memória tantas vezes que tarda em traduzir-se em plena justiça, até porque a nação, sempre tão pródiga a recorrer aos nossos combatentes, às vezes se tem manifestado tão avara em pagar-lhes o correspondente tributo", declarou o também Comandante Supremo das Forças Armadas na cerimónia comemorativa do 99º aniversário do Dia do Armistício, 96º aniversário da fundação da Liga dos Combatentes, 43º aniversário do fim da Guerra do Ultramar e evocação do centenário da Grande Guerra.

Mais tarde, no Congresso dos Estudantes de Medicina, Marcelo pediu um pacto de regime e um debate sobre o futuro da Saúde entre PS e PSD. Mas reconheceu aos jornalistas que a tarefa não é fácil. E o ideal seria "manter o prestígio da natureza social e o serviço crucial aos portugueses".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Política

pub