PS quer investigação célere sobre Tancos mas critica "opiniões"

"A investigação está a ser levada a cabo, aguardemos as conclusões", diz a secretária-geral.
Por Lusa|09.09.18
  • partilhe
  • 0
  • +
A secretária-geral adjunta do PS, Ana Catarina Mendes, defendeu hoje celeridade na investigação em curso pelo Ministério Público ao caso de Tancos, considerando "prejudicial" que se opine sobre esta matéria, antes de haver conclusões.

"Há uma investigação em curso do Ministério Público (MP). Todas as respostas ou todas as opiniões dadas enquanto decorre essa investigação, creio que é prejudicial e, por isso, pela parte do PS, aguardamos pelas conclusões dessa investigação que, obviamente, deve ser célere", afirmou.

Ana Catarina Mendes, que falava aos jornalistas em Almodôvar (Beja), à margem do mega piquenique do PS local, reagia às declarações feitas hoje sobre o caso de Tancos pelo presidente do PSD, Rui Rio.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!