Sub-categorias

Notícia

PSD ajuda socialistas a aprovar lei laboral

Abstenção da direita deu luz verde ao diploma apesar da rejeição de BE, PCP e PEV.
Por Salomé Pinto|19.07.18
No último plenário antes de o Parlamento ir de férias, foram votados mais de 200 projetos. Nesta autêntica maratona que esta quarta-feira durou mais de cinco horas, PSD e CDS deram a mão aos socialistas e viabilizaram, através da abstenção, a proposta do Governo que altera o Código do Trabalho.

O diploma só teve a aprovação dos socialistas. Já os aliados da esquerda - Bloco, PCP e PEV - viraram as costas ao PS e rejeitaram o texto.

A proposta do Executivo limita a duração e as justificações legais para a contratação a prazo e do trabalho temporário e acaba com o banco de horas individual. Em compensação, aumenta o período experimental de jovens e desempregados, cria um novo banco de horas grupal e estende os contratos de muito curta duração a todos os setores.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!