Santana Lopes diz que convite a Pacheco Pereira para novo partido é "cúmulo da anedota"

"Era como se o presidente da Coreia do Norte quisesse ir ao cinema com o presidente Trump", diz Santana.
Por Lusa|12.01.18
  • partilhe
  • 1
  • +

O candidato a líder do PSD Pedro Santana Lopes qualificou esta sexta-feira como "cúmulo da anedota" o convite a Pacheco Pereira para formar um novo partido e garantiu que, em 2011, estava a apoiar Passos Coelho.

"Chegamos ao cúmulo da anedota, que é dizer-se que poderia acontecer que eu quisesse fazer uma outra força política imaginem com quem. Era como se o presidente da Coreia do Norte quisesse ir ao cinema com o presidente Trump (EUA), era mais ou menos a mesma situação", afirmou num discurso a militantes e apoiantes em Lamego.

E continuou: "ou era como se o senhor Rajoy quisesse formar um partido político com o senhor Puigdemont, a probabilidade é exatamente a mesma".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!