Sub-categorias

Notícia

Relação de Coimbra confirma absolvição de Carlos Pinto

Ex-presidente da Câmara da Covilhã era acusado de difamar o atual presidente, Vítor Pereira.
20.03.17
  • partilhe
  • 0
  • +
O Tribunal da Relação de Coimbra manteve a decisão de absolver o ex-presidente da Câmara da Covilhã, Carlos Pinto, que era acusado de difamar o atual presidente, Vítor Pereira.

A Relação de Coimbra decidiu "julgar improcedentes os recursos" apresentados por Vítor Pereira [atual presidente da autarquia] e pelo Ministério Público, mantendo "a decisão da primeira instância", que tinha absolvido Carlos Pinto, refere a parte dispositiva (decisão) do acórdão a que a agência Lusa teve hoje acesso.

Carlos Pinto estava acusado de ter cometido o crime durante a campanha para as eleições autárquicas de 2013, quando, de acordo com o Ministério Público, teria acusado o então cabeça-de-lista do PS - Vítor Pereira - de ter facultado à Câmara de Lisboa o dossiê referente à implementação do Data Center da Portugal Telecom, isto durante um comício de um candidato independente que aquele antigo autarca da Covilhã apoiava.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Política

pub