Renovação de 'helis' da Marinha sem concurso

Ajuste direto vale 69 milhões de euros.
Por Cristina Rita|02.03.16
  • partilhe
  • 0
  • +
Renovação de 'helis' da Marinha sem concurso
Helicópteros são da década de 80 Foto Tiago Petinga/EPA
O ministério da Defesa admite avançar com uma adjudicação direta de 69 milhões de euros à empresa Agusta-Westland para a renovação dos helicópteros Lynx da Marinha. A dispensa de um concurso público ou internacional é justificada pela tutela com o facto de não haver outras empresas certificadas para fazer esta operação.

A modernização dos helicópteros Lynx da Marinha ainda não foi entregue, disse ontem o ministro Azeredo Lopes. "Está agora a iniciar-se um processo negocial que, tendencialmente, será por ajuste direto", explicou o governante.

Segundo Azeredo Lopes, "a regra da contratação pública é a de que, em princípio, deve haver concurso público", mas este é dispensado "se estiver preenchida uma das exceções que a legislação estipula", o que "é o caso".


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De malou02.03.16
    Agora quero ver quem é que vem atirar pedras e falar no Portas. Pelo menos esse fez concurso.<br/>
2 Comentários
  • De ZédaAustralia03.03.16
    Um contrato de 69 milhoes por ajuste directo? E e' assim que este "novo governo" vai combater a corrupçao? Alguem acredita que so' a Agusta-Westland e' que sabe fazer helicopteros em todo o MUNDO?
    Responder
     
     0
    !
  • De malou02.03.16
    Agora quero ver quem é que vem atirar pedras e falar no Portas. Pelo menos esse fez concurso.
    Responder
     
     0
    !