Sub-categorias

Notícia

“República das bananas faz contratos à medida”, acusa Catarina Martins

BE ataca Governo por causa da rejeição da proposta para taxar renováveis em 250 milhões de euros.
Por Bruno de Castro Ferreira|07.12.17
O Bloco de Esquerda fez esta quarta-feira duras críticas ao primeiro-ministro após o PS ter chumbado a proposta do BE para cortar 250 milhões de euros na conta da luz através de uma diminuição na renda dos produtores de energia renovável. "Uma república das bananas é a que faz contratos à medida dos grandes interesses económicos", acusou a coordenadora do BE, Catarina Martins.

Na votação do Orçamento, o PS aprovou a proposta do BE mas depois voltou atrás e pediu para avocar a norma, que, dias depois, acabou chumbada.

"A minha opinião é que essa medida não deveria ser aprovada", respondeu o primeiro-ministro antes de negar ter dado ordem ao PS para a rejeitar. As explicações não convenceram o Bloco, que, antes de apresentar a proposta, se desdobrou em reuniões com o Governo para acertar os pormenores. "Não é aceitável que um Estado de Direito não possa alterar contratos para defender quem vive no País, mas os altere em função dos interesses das grandes empresas", atacou Catarina Martins.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Política

pub