Sub-categorias

Notícia

Rui Rio esmaga Santana Lopes mas continua longe de Costa

Antigo autarca portuense é o claro favorito a vencer as eleições directas do PSD.

A sondagem da Aximage para o Correio da Manhã Jornal de Negócios  mostra que Rui Rio deverá vencer com folga as directas de sábado contra Santana Lopes. 69% dos 600 entrevistados consideram que Rio será melhor presidente do PSD, contra apenas 22,5% que apostam em Santana. Apesar da vantagem, Rio estará longe de derrotar Costa.

 

Rui Rio é o claro favorito a vencer as eleições directas do PSD que têm lugar já no próximo sábado. A sondagem da Aximage para o Negócios e o Correio da Manhã coloca Rio a esmagar Santana com 69% dos 600 inquiridos a considerarem que o antigo autarca portuense será melhor presidente do PSD, face aos 22,5% que preferem o ex-presidente da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML).

 

O abismo entre os dois candidatos reduz-se quando tidos em conta somente os entrevistados pela Aximage que assumem inclinação para votar no PSD em caso de legislativas. Neste cenário, 60,4% dos inquiridos vêem Rio como melhor líder para o PSD face a 37,1% que optam por Santana.

 

Tendo em conta que as entrevistas foram realizadas entre os passados dias 6 e 9 de Janeiro, este estudo de opinião não permite avaliar o impacto dos últimos dois debates realizados estas quarta-feira, na TVI, e quinta-feira, na TSF e na Antena1.  

 

Desta forma, os inquiridos puderam apenas avaliar a prestação dos dois candidatos na campanha eleitoral e no debate feito na semana passada (RTP), um duelo em que os analistas coincidiram ao atribuir a Santana a melhor prestação. Nos últimos dois debates não foi tão visível uma diferença entre Santana e Rio, com debates menos agressivos - apesar de Rio não ter evitado o contra-ataque face ao primeiro confronto - e mais nivelados.

 

Por outro lado, os resultados desta sondagem da Aximage parecem corroborar a aposta estratégica feita por cada um dos homens que se propõem liderar o PSD.

 

Isto porque enquanto Rui Rio privilegiou uma mensagem dirigida ao país, dizendo que nesta eleição está em causa a escolha da pessoa melhor colocada para vencer as próximas legislativas, Santana Lopes apostou em dirigir-se aos militantes do partido apelando à unidade dos sociais-democratas. 

Santana nem no eleitorado PSD recolhe preferência face a Costa
 

Se é certo que os inquiridos preferem Rio a Santana, é também seguro que, entre Rio e Costa, os entrevistados dão ao último o voto de confiança para continuar no cargo.

O primeiro-ministro recolhe 55,7% das intenções e Rio 33%. Esta é a convicção dos 600 inquiridos quando Rio é colocado ao lado e Costa e quando é avaliado  qual dos dois inspira mais confiança para exercer o cargo de chefe do Executivo.

O barómetro de Janeiro mostra ainda uma muito ligeira recuperação de Rio face a Dezembro, mas revela principalmente uma descida de Costa em relação ao último mês de 2017.

A distância seria maior se o duelo fosse entre Costa e Santana. O primeiro-ministro consegue 71% das intenções de voto e Santana Lopes fica-se pelos 19%. Neste caso, os dois perdem face ao barómetro de Dezembro de 2017.


Quando a avaliação sobre a confiança para primeiro-ministro é feita junto dos entrevistados que afirmam que votariam PSD numas eleições legislativas, os resultados mostram que Rio ganha a Costa, mas Santana não.


No duelo de Rio contra Costa o primeiro arrecada 75,6% dos votos, contra 7,8% para Costa. Surpreendente é o facto de o eleitorado social-democrata, no confronto entre Costa e Santana, acreditar que é o actual primeiro-ministro quem recolhe a confiança para manter a chefia do Governo. Costa teria 54,9% dos votos, enquanto Santana teria 29,8%. 


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!