Santos Silva diz não entender que direitos nos EUA sejam "moeda de troca"

Trump admite negociar o acesso à cidadania de jovens indocumentados em troca do financiamento do muro com o México.
29.01.18
  • partilhe
  • 3
  • +
O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse esta segund-feira, na cidade cabo-verdiana do Mindelo, que não entende que o cumprimento de direitos nos Estados Unidos seja uma "moeda de troca".

O chefe da diplomacia portuguesa respondia assim a uma questão da agência Lusa depois do Presidente norte-americano, Donald Trump, ter deixado entender, na semana passada, que admite negociar o acesso à cidadania dos jovens indocumentados, conhecidos como "sonhadores", num período de 10 a 12 anos, em troca do financiamento do muro com o México.

Trump quer que o Congresso aprove um financiamento de 30 mil milhões de dólares (cerca de 25 mil milhões de euros) para segurança fronteiriça, dos quais 25 mil milhões de dólares (quase 21 mil milhões de euros) para construir um muro na fronteira com o México.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!