Sub-categorias

Notícia

Vítimas dos incêndios lamentam tolerância da sociedade aos fogos

Para a presidente da AVIPG o incêndio de Pedrógão Grande "só foi tragédia porque morreu muita gente".
Por Lusa|07.12.17
A Associação das Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande (AVIPG) lamentou esta quinta-feira uma certa passividade da sociedade portuguesa relativamente aos incêndios, o que a levou a tolerar anteriores mortes e danos materiais causados pelo fogo.

Para a presidente da AVIPG, Nádia Piazza, o incêndio que eclodiu no concelho de Pedrógão Grande, distrito de Leiria, no dia 17 de junho, "só foi tragédia porque morreu muita gente".

O facto de 65 pessoas terem perecido devido ao fogo que começou na povoação de Escalos Fundeiros, tendo alastrado a municípios vizinhos e provocado também mais de 200 feridos, é que levou a sociedade a encarar este desastre ambiental e humano de forma diferente, afirmou.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Política

pub