5,2 milhões para realojar famílias da Praia de Faro

Protocolo com o Instituto de Habitação foi aprovado pela câmara e será agora votado pela Assembleia Municipal.
Por José Carlos Eusébio|03.05.18
  • partilhe
  • 0
  • +
5,2 milhões para realojar famílias da Praia de Faro
Parque de Campismo da Praia de Faro servirá para colocar os moradores com atividades ligada ao mar Foto Direitos Reservados
A Câmara de Faro aprovou um protocolo de colaboração com o Instituto de Habitação e da Reabilitação Urbana (IHRU) para a construção de casas para realojamento de 94 famílias da Praia de Faro. O investimento previsto atinge 5,2 milhões de euros, apurou o CM. O protocolo será agora sujeito a votação por parte da Assembleia Municipal, o que deverá acontecerá na sessão agendada para amanhã.

Os novos fogos serão atribuídos a famílias cujas habitações se encontram em situação ilegal e que se localizam em zonas com elevado risco de ser afetadas pela erosão costeira e pelas intempéries. As atuais habitações serão depois demolidas e as áreas onde se localizam renaturalizadas.

As famílias que têm uma atividade ligada ao mar, nomeadamente os pescadores e mariscadores, serão realojados em casas a construir no parque de campismo da Praia de Faro, onde serão edificados 45 fogos. O custo previsto ronda os dois milhões de euros. As restantes famílias serão instaladas em 49 fogos de habitação social no Montenegro. Está estimado um investimento de 3,2 milhões de euros.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!