Câmara de Vizela com indícios de irregularidades

Contratos para obras de 10,5 milhões de euros, em 2009 e 2010, levantam suspeitas.
Por Sérgio Pereira Cardoso|12.09.18
  • partilhe
  • 0
  • +
A Câmara de Vizela vai remeter para o Ministério Público as conclusões de uma auditoria que mandou realizar às contas da autarquia por alegados indícios de irregularidades, disse esta terça-feira o atual presidente, Victor Hugo Salgado.

Em causa está a utilização "sucessiva e reiterada" de "mecanismos de fracionamento da despesa e de fragmentação das empresas", levantando "sérias dúvidas sobre a legalidade".

Victor Hugo Salgado explica que os indícios reportam a situações de 2009 e 2010, quando foram contratadas várias empresas para a realização de obras, nomeadamente na rede viária, com cerca de 10,5 milhões de euros.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!