Cinco milhões para esgotos no Parque das Nações

Água dos resíduos de uma população de 214 mil habitantes servirá para regar zonas verdes e lavar ruas em 2020.
Por João Saramago|01.08.18
Cinco milhões para esgotos no Parque das Nações
Foto Tiago Sousa Dias
A Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Beirolas, na freguesia do Parque das Nações, em Lisboa, será alvo de uma intervenção na ordem dos 5,3 milhões de euros, que visa melhorar a qualidade das águas que são remetidas para o estuário do Tejo. O contrato que marca o arranque das obras foi ontem assinado na estação da Águas do Tejo/Atlântico e a conclusão dos trabalhos deverá ficar concluída em fevereiro de 2020.

"O investimento visa o aumento do tratamento dos efluentes, a melhoria de recolha e tratamento do ar no sentido de reduzir os odores, nomeadamente com a cobertura de órgãos que estão neste momento a descoberto", salientou o administrador da Águas do Tejo/Atlântico, António Frazão. O secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, salientou, por sua vez, que "o investimento visa garantir melhor qualidade do ambiente, nomeadamente dos efluentes que chegam ao Tejo, numa zona que sofreu uma intervenção profunda de reabilitação urbana", para a realização da Exposição Universal - Expo 98.

O investimento, que serve uma população de 214 mil habitantes dos concelhos de Lisboa e de Loures, permitirá também "a utilização em grande escala de águas reutilizadas para a lavagem das ruas e rega de zonas verdes", referiu o presidente da junta de Freguesia do Parque das Nações, Mário Patrício.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!