Perde testículo cinco dias após ida às Urgências

Foi enviado para casa com receita para antibiótico, anti-inflamatório e para colocar gelo.
Por Sónia Trigueirão|22.06.18
Um jovem de 15 anos perdeu o testículo direito cinco dias depois de ter sido atendido no serviço de Urgência do Hospital São Bernardo (HSB), em Setúbal. Os pais apresentaram queixa à Entidade Reguladora da Saúde (ERS).
Perde testículo cinco dias após ida às Urgências

A primeira ida às Urgências ocorreu no dia 17 de novembro de 2016. Foi observado e suspeitou-se que fosse torção do testículo, situação grave que necessitaria de cirurgia. Foi feita ecografia, mas o diagnóstico foi outro.

O jovem foi enviado para casa com receita de antibiótico, anti-inflamatório e recomendação de gelo. Mas no dia 22 de novembro, cinco dias depois, voltou ao hospital. Fez uma ecografia e foi enviado para o Hospital de Dona Estefânia, em Lisboa, onde lhe disseram que ia perder o testículo.

O perito da Entidade Reguladora da Saúde concluiu que o jovem foi bem avaliado, que os sintomas podem gerar diagnósticos equívocos, mas reconhece que foi demorada a transferência para Lisboa. Em resposta, o Hospital São Bernardo referiu que " em qualquer das duas observações houve avaliação clínica após dias de início dos sintomas" e que a avaliação testicular foi difícil
.
A ERS recebeu mais três queixas contra a unidade de Setúbal. Uma é de uma jovem que esperou mais de oito horas para ser atendida e teve de fazer uma ecografia num hospital em Lisboa porque não havia radiologistas em Setúbal. Outra é da família de um doente oncológico, que foi enviado para casa e acabou por falecer.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!