Família salva por vedação

Piso abateu junto aos cais do Ginjal, em Almada.
Por J.T.|26.04.15
  • partilhe
  • 0
  • +
Família salva por vedação
Piso cedeu mas a vedação impediu o carro de cair ao rio
Conhece o cais do Ginjal?
Uma vedação impediu um carro, que levava um casal e a filha bebé, de cair ao rio Tejo, após o piso ter abatido junto ao cais do Ginjal, Almada. A viatura foi ‘engolida’ quando o piso cedeu, tendo mesmo virado.

A família foi salva pela vedação, que não deixou o carro tombar para dentro de água. As vítimas foram assistidas no local.

Cais do Ginjal totalmente vedado ao público
O paredão do cais do Ginjal, em Cacilhas, foi vedado ao trânsito e aos peões, depois de, no sábado, o chão ter desabado e um carro caído na margem do rio, com um casal e um bebé no interior.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De amam26.04.15
    Conheço o ginjal desde miúda, pois nasci em Almada.<br/>Há longos anos que não vou lá, no entanto recordo-me que sempre foi um lugar com pouca iniciativa por parte de quem dirige e ou dirigiu Almada. Os interesses são sempre maiores, embora reconheça que Almada mudou um pouco, mas só em determinados sítios, outros não, e, pelos vistos este é um local semi abandonado, que pena! Será necessário haver graves incidentes para se fazer algo?
2 Comentários
  • De Norsul27.04.15
    Já fiz este trajecto (por engano e falta de sinalização) para lá.. e depois de marcha atrás para cá.... não fazem ideia da aventura e susto que foi.
    Responder
     
     -1
    !
  • De amam26.04.15
    Conheço o ginjal desde miúda, pois nasci em Almada.
    Há longos anos que não vou lá, no entanto recordo-me que sempre foi um lugar com pouca iniciativa por parte de quem dirige e ou dirigiu Almada. Os interesses são sempre maiores, embora reconheça que Almada mudou um pouco, mas só em determinados sítios, outros não, e, pelos vistos este é um local semi abandonado, que pena! Será necessário haver graves incidentes para se fazer algo?
    Responder
     
     3
    !