Sub-categorias

Notícia

Atira-se ao mar atrás de paquete

Pescadores salvaram turista inglesa após 4 horas na água.
Por Miguel Curado|28.03.16
Atira-se ao mar atrás de paquete
Turista inglesa abandonou o paquete ‘Marco Polo’ após zanga com o marido, mas arrependeu-se e quis regressar a nado Foto DR
Zangada com o marido, uma turista inglesa de 65 anos abandonou o paquete ‘Marco Polo’ no porto do Funchal, com a intenção de regressar a casa de avião. Mas quando já estava no aeroporto, e viu o navio no horizonte, arrependeu-se e atirou-se à água – para tentar regressar ao paquete –, de onde foi retirada mais de quatro horas depois, já em estado de hipotermia.
Turista nada para apanhar paquete


O caso ocorreu pelas 20h00 de sábado. Félix Marques, comandante da capitania do Funchal, disse ao CM que a mulher "já estava a cerca de 500 metros da costa quando pescadores que estavam a pescar numa embarcação ouviram os gritos". "Quando a viram ela estava agarrada à bolsa pessoal, com a qual esteve sempre a nadar", acrescentou o comandante.

A tremer de frio, e com evidentes sinais de fadiga, a mulher foi levada para a zona de São Pedro, no concelho de Santa Cruz, onde se tinha atirado à água. À sua espera tinha já uma ambulância e dois bombeiros da corporação local. Foi transportada de imediato para as Urgências do Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, onde se mantinha internada, livre de perigo, à hora de fecho desta edição. O comandante do paquete ‘Marco Polo’ foi contactado telefonicamente pela Polícia Marítima do Funchal, dando conta da recuperação da passageira do navio. O marido da mesma, com quem esta se terá desentendido, poderá regressar ainda hoje à Madeira para estar junto da mulher. Hoje também, a Polícia Marítima irá tentar perceber melhor as intenções da turista.

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub