Mais de mil julgamentos entre 175 mil atos nos juízos de proximidade em 2017

Ao nível de atendimentos, foram efetuados 44.000 telefonicamente e 44.873 de forma presencial.
Por Lusa|02.01.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Os 43 juízos de proximidade que fazem parte do mapa judiciário português, 20 dos quais reabertos há um ano, registaram um total de cerca de 175 mil atos praticados em 2017, entre julgamentos (mais de mil) e outros atendimentos.

De acordo com dados fornecidos à agência Lusa pelo Ministério da Justiça a propósito da entrada em funcionamento, há um ano, da nova Lei da Organização do Sistema Judiciário, foram realizados nestes locais, até 21 de dezembro, 1.176 julgamentos, envolvendo 7.432 intervenientes.

Nos 43 juízos de proximidade foram realizados um total de 175.033 atos, designadamente "atos praticados no Citius" (conjunto de aplicações informáticas para os diversos operadores judiciais), incluindo "registo de atos avulsos, fases informativas, conta/liquidação, atualização de intervenientes, emissão de registos criminais e cumprimento de despachos".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!