Sub-categorias

Notícia

34 mil PSP e GNR esperam há 7 anos por aumentos

Sindicatos da PSP sabem esta segunda-feira se terão melhorias salariais.
Por Miguel Curado|09.10.17
O congelamento da progressão dos escalões remuneratórios na Função Pública decretado em 2010 faz com que cerca de 80% do efetivo da PSP e outro tanto da GNR (cerca de 34 mil elementos ao todo) aguardem há cerca de sete anos por aumentos salariais.

O Governo prometeu desbloquear a situação no Orçamento do Estado para o próximo ano e é isso que hoje esperam ouvir os sindicatos da PSP, recebidos pela ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa. Paulo Rodrigues, presidente da Associação Sindical dos Profissionais da PSP (ASPP), afirmou ao CM que, nos últimos sete anos, "os únicos aumentos foram atribuídos aos polícias (agentes, chefes e oficiais) que subiram de patente". "Em termos de progressão horizontal, ou seja, os aumentos salariais previstos dentro de uma mesma patente, tudo está congelado", referiu.

O Governo pode, agora, admitir progressões remuneratórias para alguns polícias, a implementar num prazo de 3 ou 4 anos. As associações da GNR, por seu turno, ainda não foram convocadas por Constança Urbano de Sousa


Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub