Sub-categorias

Notícia

Cronologia da fuga de Pedro Dias

Homicida de Aguiar da Beira entregou-se às autoridades a 8 de novembro.
17.10.16
Cronologia da fuga de Pedro Dias
Foto CMTV
Terça-feira, 11 de outubro
A GNR é chamada a uma ocorrência e dois militares são surpreendidos no local por Pedro Dias. Um deles, Carlos Caetano, é morto pelo suspeito à traição e com um tiro na cabeça. Depois, obriga o outro militar, de 41 anos, a guiar o carro-patrulha com o corpo do colega na porta-bagagens. Ao fim de cinco quilómetros, numa zona erma a 50 metros da EN229, junto a Quinta das Lameiras, entre Aguiar da Beira e Sátão, ordena ao militar que conduzia o veículo que saia. Pedro Dias amarra-o a uma árvore.

Na mesma estrada, pouco depois, o fugitivo ataca Luís e Liliane Pinto. O homicida dispara contra o casal, que seguia de carro a caminho de uma consulta de fertilidade, em Coimbra. Pedro dias pretende roubar o carro e atira à cabeça das vítimas. O homem teve morte imediata, Liliane está em estado crítico no hospital.

Quarta-feira, 12 de outubro
Os militares fazem buscas na zona em que Pedro Dias foi visto pela última vez. Ao final da tarde, as buscas são suspensas mas os militares da GNR mantêm-se no local para garantir a segurança das populações de Candal, aldeia do concelho de São Pedro do Sul, e nas aldeias vizinhas.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

Exclusivos

Decisão do Governo no TGV sob suspeita

Decisão do Governo no TGV sob suspeita

Conselho de Ministros de Sócrates terá aprovado lei de bases da concessão do TGV favorável ao consórcio Elos, do qual fazia parte Grupo Lena.

pub