Sub-categorias

Notícia

Advogado envolvido em fraude fiscal de 5 milhões

14 arguidos, entre os quais oito empresas, começam a ser julgados em janeiro.
Por Sónia Trigueirão|17.10.16
Advogado envolvido em fraude fiscal de 5 milhões
Ministério Público além da acusação faz um pedido de indemnização cível no valor da fraude ao Fisco Foto Vítor Mota
O Departamento de investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa acusou 14 arguidos, entre os quais oito empresas e um advogado, José Fabião, de fraude fiscal e associação criminosa. Em causa estão mais de cinco milhões de euros de prejuízo para os cofres do Estado. O julgamento já esteve marcado para este mês, mas foi adiado para janeiro.

De acordo com a acusação, a que o CM teve acesso, uma família – pai, mãe e filho – juntamente com o contabilista e o advogado terão elaborado um plano e, entre janeiro de 2006 e março de 2012, obtiveram ganhos financeiros através da falsificação de faturas. Só foram apanhados por causa de uma inspeção da Autoridade Tributária.

Para concretizar o plano criaram empresas fictícias na área dos recursos humanos, das limpezas e de jardinagem. Entre estas sociedades estavam duas offshores, a Ambijardim Holdings Limited, com sede no Reino Unido, e a Clean Services Limited, com sede em Gibraltar.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub