Libertadas suspeitas de agressão a militar da GNR de Castelo Branco

Mulheres estavam no carro do homem que fugiu à GNR e agrediu militar
Por Lusa|11.01.18

As duas mulheres que alegadamente estiveram envolvidas na agressão ao militar da GNR de Castelo Branco, saíram em liberdade e ficaram sujeitas a apresentações periódicas às autoridades, revelou esta quinta-feira à Lusa fonte da GNR.

"As duas mulheres ficaram sujeitas a uma apresentação semanal, nas segundas-feiras, no posto da GNR da sua área de residência, que é Cebolais de Cima", disse fonte do Destacamento Territorial de Castelo Branco da GNR.

As duas mulheres, que passaram a noite detidas, foram presentes ao Tribunal de Castelo Branco, onde estiveram durante todo o dia e não prestaram quaisquer declarações.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!