Sub-categorias

Notícia

PSP abate mulher a tiro em carro em fuga

Vítima ia em viatura confundida com carro de assaltantes. PSP explica o caso.
15.11.17
Uma mulher de 36 anos foi baleada em Lisboa, depois de uma perseguição policial que começou em Almada e terminou na zona da Encarnação, em Lisboa. Um gangue assaltou um multibanco na Avenida Bento Gonçalves, em Almada, e conseguiu escapar à polícia. As autoridades intercetaram depois um carro em tudo semelhante ao dos assaltantes. Terão dado ordem de paragem e o condutor não respeitou, avançando contra a barreira policial. Terá sido aí que os agentes da PSP dispararam, convencidos de que se tratava do carro dos assaltantes, atingindo uma mulher que seguia na viatura.

O carro dos assaltantes foi apreendido pela PSP durante a tarde desta quarta-feira.



A vítima mortal foi atingida no pescoço quando seguia de carro na zona da Encarnação, depois de a viatura onde seguia ter sido mandada parar pelas autoridades. Segundo explica a PSP em comunicado, o carro em questão era do mesmo modelo e da mesma cor da viatura usada pelos assaltantes de Almada, que estava em fuga. O condutor não obedeceu à ordem de paragem e, segundo a PSP, terá tentado atropelar agentes policiais. Convencida de que se tratava do carro do assalto ao multibanco, a polícia disparou.

PSP esclarece perseguição que resultou na morte de mulher


Tiros entre assaltantes e polícias
O assalto deu-se por volta das 3h00 desta quarta-feira. Os assaltantes - que seriam pelo menos dois homens -  terão feito explodir uma caixa multibanco na Avenida Bento Gonçalves, em Almada, de onde levaram uma mala metálica. Os moradores alertaram as autoridades o que levou a uma perseguição policial pela ponte 25 de Abril e depois pela Segunda Circular. Os suspeitos, que seguiam num Seat Leon de cor preta, saíram depois para a Rotunda do Relógio e, segundo o relato policial, dispararam contra os agentes que os perseguiam, na zona do aeroporto. Os polícias ripostaram, usando também armas de fogo.

Os agentes terão então perdido o rasto do carro em fuga, até que, por volta das 3h35, foi detetada uma viatura em tudo idêntica no bairro da Encarnação. Ao que o CM apurou, o veículo terá sido mandado parar na Alameda da Encarnação.

O condutor não respeitou a ordem da PSP e a mulher acabou por ser baleada. A polícia revelou na manhã desta quarta-feira que o condutor não tinha carta de condução. Terá sido essa a razão que o levou a fugir. Foi detido por este delito e também por desobediência ao sinal de paragem e condução perigosa.

O gangue que atacou a caixa multibanco em Almada escapou às autoridades.

IGAI abre investigação
O tiroteio que aconteceu esta madrugada em Lisboa já está a ser investigado pela Inspeção Geral da Administração Interna (IGAI), que começou a recolher elementos sobre o que se passou. É norma que este organismo investigue os casos em que as forças policias usam armas de fogo.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub