Sub-categorias

Notícia

Aluno encontra corpo sem cara

"Estava a boiar. Parecia um boneco ou um macaco, porque não tinha cara." Pedro Dias, de 16 anos, tenta fazer-se forte quando recorda a macabra descoberta que fez quando voltava da escola, ontem à tarde, numa obra embargada há vários anos, em Aveiro.
20.01.11
  • partilhe
  • 0
  • +
Aluno encontra corpo sem cara
A polícia vedou a cave onde o corpo foi encontrado para os bombeiros retirarem o cadáver Foto Salomé Filipe

O cadáver em decomposição estava a boiar na cave inundada de um prédio na freguesia de Vera Cruz. O estudante ficou em choque. Da vítima sabe-se apenas que é um homem. O local é frequentado por toxicodependentes, mas a polícia não descarta, para já, nenhum cenário, incluindo a hipótese de crime.

Eram 16h30 quando Pedro voltava da Escola Homem Cristo, em Aveiro, com o amigo André Mendes. A caminho de casa da avó, os estudantes ficaram intrigados com a grande quantidade de água que viam na cave do prédio, cuja construção está parada há vários anos. Destemido, Pedro desceu um pouco a rampa de acesso ao local e deparou-se com o corpo.

"Chamei o meu amigo e até nos rimos, porque pensávamos que era um boneco, todo inchado. Só depois reparámos que havia alguma coisa estranha", recorda ao CM. De seguida, mandou parar um carro que passava na rua e, ao aperceber--se de que se tratava de um cadáver, ficou aterrorizado. "Ligou-me 26 vezes, completamente em pânico. Fartava-se de chorar", conta a mãe do jovem.

Ao fecho desta edição, a identidade do corpo, em avançado estado de decomposição, continuava desconhecida. Só a autópsia poderá esclarecer os motivos da morte e se foi alvo de crime. A PJ não foi, para já, chamada a investigar.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub