Sub-categorias

Notícia

Amor leva jovem a incendiar-se

Bruno Moreira, de 25 anos, andava angustiado com o facto de a família não aceitar a sua vontade de viver com a namorada, uma mulher divorciada e já com dois filhos. Segunda-feira à tarde, o jovem contabilista foi à bomba de gasolina perto da sua casa, em Pedreira de Vilarinho, Anadia, e, decidido, comprou 5 litros de gasolina. De seguida, terá ido para uma zona de mato, onde se imolou dentro do carro. O corpo foi encontrado apenas ontem por caçadores.
17.12.10
  • partilhe
  • 0
  • +
Amor leva jovem a incendiar-se
Bruno Moreira trabalhava num gabinete de contabilidade em Anadia (na foto) Foto Joana Neves Correia

"Os homens andavam a caçar e viram um carro todo queimado com um homem lá dentro carbonizado. Estava numa zona de mato perto da casa do Bruno", contou um morador.

A descoberta do cadáver deixou em choque a mãe e o padrasto (ex-sargento da GNR) de Bruno. A família recusa-se a aceitar que o jovem se tenha regado com gasolina e ateado fogo. "Eles não acreditam. Pensam que alguém lhe fez mal. A mãe não queria que ele morasse com a namorada e ele ficou revoltado. Mas ela só queria o bem dele. Era um rapaz muito tímido e recatado. Perdeu o pai apenas com três anos", explicou Céu, vizinha do jovem.

O contabilista estava desaparecido desde as 17h00 da última segunda-feira, altura em que saiu de casa vestindo um fato de treino e chinelos de quarto. O jovem entrou no automóvel e foi visto pela última vez numa gasolineira. "Um vizinho viu-o a comprar um garrafão de gasolina e achou muito estranho, mas nunca pensou que era para ele se incendiar", adiantou Céu.

A namorada de Bruno ficou em estado de choque quando soube da morte do namorado.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub