Sub-categorias

Notícia

"António Costa e a cúpula do PS viraram-me as costas", diz José Sócrates

Antigo primeiro-ministro admite a possibilidade de recorrer ao Tribunal Europeu.
17.09.17
José Sócrates afirmou que António Costa e a cúpula do Partido Socialista lhe viraram as costas nos últimos três anos em entrevista ao La Voz de Galicia. "Os últimos três anos foram muito duros, embora não goste de me lamentar", disse o antigo líder socialista.

O antigo primeiro-ministro disse ainda ser vítima de uma conspiração e refere que a sua relação com o atual Primeiro-Ministro era boa. "Éramos amigos, apesar de tudo o que se dizia. A nossa relação sempre foi boa. Elegi-o como ministro e como meu sucessor natural. Apoiei-o na candidatura à Câmara de Lisboa e depois à secretaria-geral do partido. Tudo acabou quando me detiveram e tanto ele como a cúpula do PS me viraram as costas", afirmou Sócrates.

A detenção do principal arguido da Operação Marquês aconteceu a 22 de novembro de 2014. José Sócrates era suspeito dos crimes de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais. "Sou inocente e vítima de uma conspiração política, para impedir uma impossível candidatura à Presidência da República e judicial sem precedentes em Portugal", explicou.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub