Sub-categorias

Notícia

AOFA acusa ministro da Defesa de não defender militares

Associação de Oficiais das Forças Armadas criticou a interpretação do Governo sobre os efeitos do descongelamento das carreiras.
Por Lusa|14.11.17
A Associação de Oficiais das Forças Armadas (AOFA) acusou esta terça-feira o ministro da Defesa Nacional de "não defender os militares", criticando a interpretação do Governo sobre os efeitos do descongelamento das carreiras na progressão remuneratória daqueles profissionais.

Em comunicado, a AOFA considerou "uma injustiça" que, no caso dos militares, o tempo de carreira acumulado à data do congelamento é o que contará para efeitos de progressão remuneratória, não se contando o tempo vencido.

Ou seja, sublinhou aquela associação de oficiais na reserva e na reforma, "o tempo congelado não contará para nada" e "quem à data do congelamento faltava três meses para `saltar´ de escalão, completará esses três meses em falta e será reposicionado".

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub