Sub-categorias

Notícia

Arguido confessa homicídio de jovem na Quinta do Conde

Bruno Rodrigues morreu aos 18 anos por dívida de droga.
Por Lusa|04.12.17

Um dos dois jovens acusados do homicídio de Bruno Rodrigues em novembro de 2016, em Sesimbra, admitiu esta segunda-feira no tribunal de Setúbal que o crime foi motivado por uma dívida da vítima, no valor de 250 euros.

Segundo a acusação, o crime foi consumado no dia 16 de novembro de 2016 pelos arguidos Armando Salles e Nuno Calçada, à data dos factos com 18 e 19 anos de idade, devido a uma dívida de 250 euros de Bruno Rodrigues a Armando Salles, pelo fornecimento de produtos estupefacientes.

Com a ajuda de Nuno Calçada, refere o documento, o arguido Armando Salles atraiu a vítima para um terreno próximo do Grupo Desportivo da Quinta do Conde, no concelho de Sesimbra, num encontro que culminou com a morte de Bruno Rodrigues, de 18 anos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub