As frases mais comprometedoras do memorando de Tancos

A SÁBADO teve acesso ao documento que informou o ministro da Defesa sobre a farsa de Tancos.
10.10.18
  • partilhe
  • 4
  • +
A SÁBADO teve acesso ao memorando em que é referida a encenação da recuperação das armas roubadas de Tancos, mas em que não é referido o encobrimento de culpados. Através do documento, conclui-se que a descoberta do armamento roubado foi encenada. 

Segundo o documento entregue em Novembro de 2017 pelo então director da PJM, coronel Luís Vieira, e o major Vasco Brazão, ex-porta-voz da PJM, o informador disponibilizou-se a entregar inicialmente "umas granadas" como prova de boa-fé.

Se ao fim de alguns dias a PJM não "chamar a PJ", depois seria dada a localização do resto do material.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!