Sub-categorias

Notícia

Bombeiro morre em serviço no IC33

Doente e camionista sofreram ferimentos ligeiros.
Por Joaquim Bernardo|14.07.17
Mário Violante, bombeiro de 61 anos da corporação de Santiago do Cacém, morreu ontem numa colisão da ambulância que conduzia com um camião no IC33, que liga Sines a Grândola. A vítima mortal seguia para o Instituto Português de Oncologia, em Lisboa, com um doente de 67 anos, que sofreu ferimentos ligeiros. No acidente, registado pelas 11h00, ficou também ferido, mas sem gravidade, o motorista do pesado.

Acidente entre ambulância e camião mata bombeiro e faz dois feridos
Segundo fonte dos bombeiros, Mário Violante teria estado em serviço na noite anterior a combater um incêndio na zona de Odemira até às 03h00. Sonolência ou doença súbita poderão ser as causas que levaram o bombeiro a perder o controlo da viatura que colidiu violentamente na parte lateral do camião. O pesado acabou por tombar. A ambulância foi projetada para uma pequena ravina.

O acidente deixou em choque os bombeiros de Santiago do Cacém que receberam assistência de psicólogos do INEM. Mário Violante era considerado como "um exemplo, sempre disponível para ajudar o próximo e um motorista experiente".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub