Sub-categorias

Notícia

Bombeiro viola e engravida filha

Há sete anos que João (nome fictício), ex-bombeiro em Odemira, violava a filha menor, que acabou por engravidar este ano. Antes de ir preso disse aos amigos não se lembrar dos actos sexuais por sofrer de sonambulismo.
06.03.11
  • partilhe
  • 0
  • +
Bombeiro viola e engravida filha
Pedófilo, de 42 anos, deixou a corporação de Odemira quando a filha denunciou o caso, em Fevereiro Foto Luis Guerreiro

As violações começaram quando a criança tinha apenas oito anos. No entanto, só foram descobertas no dia 16 de Fevereiro – depois de a menor, hoje com 15 anos, ter contado a uma amiga que estava grávida. A Comissão de Protecção de Menores de Odemira confirmou o caso e participou-o ao Ministério Público. João foi detido pela GNR e ouvido em tribunal na última quarta-feira, tendo sido indiciado por 40 crimes, 36 de abuso sexual de menores e quatro de violência doméstica. O ex--bombeiro aguarda julgamento em prisão preventiva na cadeia de Beja.

A filha, fruto de um relacionamento com uma alemã enquanto esteve emigrado naquele país, foi encaminhada para uma instituição de Beja que acolhe jovens em risco.

O caso apanhou a população de surpresa. João, que violava a filha na cave da casa onde morava, deixou os bombeiros quando a filha denunciou os actos sexuais. Mas manteve sempre a sua empresa de limpezas com a actual mulher. "Nunca soubemos de nada. Só mais tarde é que ele disse que era sonâmbulo e que não se lembrava de nada", referiu um amigo, que preferiu o anonimato.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub