Sub-categorias

Notícia

Burla de 485 mil euros com notas falsas

Polícia Judiciária travou esquema montado para enganar empresário.
Por Paula Gonçalves|17.07.17
Burla de 485 mil euros com notas falsas
Arguidos foram acusados pelo Ministério Público e serão julgados no Tribunal de Tondela Foto Amândia Queirós
Apresentaram-se como negociantes de móveis em África e convenceram um empresário do mesmo ramo, de Tondela, a fazer um negócio de 485 mil euros. Mas as notas que iriam usar para pagar os móveis eram oriundas de um país africano e, segundo alegavam, tinham de ser submetidas a um processo de lavagem para poderem circular.

Com uma nota de euro que a vítima lhes entregava conseguiam limpar duas das suas. E quanto mais notas o empresário lhes arranjasse mais rápido seria o processo de limpeza e, consequentemente, a concretização do negócio. O esquema foi detetado pela Judiciária do Centro e os dois homens, de 26 e 32 anos, são agora acusados pelo Ministério Público de burla qualificada na forma tentada, passagem de moeda falsa, também tentada, falsificação e ainda contrafação de documento.

A primeira abordagem ao empresário foi feita em novembro do ano passado. Ao longo de um mês, os dois arguidos – um eletricista e o outro segurança – tentaram convencê-lo de que iriam comprar-lhe uma grande quantidade de móveis.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub