Sub-categorias

Notícia

‘Burlão do amor’ reclama inocência

Pede nulidade da prova e diz que factos foram mal interpretados.
Por Paulo Jorge Duarte|14.09.17
"Estou inocente. Estou a ser difamado e tudo isto está a prejudicar a minha família e a criar problemas no meu emprego", afirmou ao CM Hans Walter Niderost, acusado de burlar a ex-diretora financeira de um colégio de Inglês do Porto em 450 mil euros.

Outra mulher apresentou também queixa ao Ministério Público contra o mesmo homem, garantindo que foi burlada em 50 mil euros. O caso foi arquivado, mas vai ser pedida a reabertura do processo.

O início do julgamento estava marcado para ontem, no Tribunal de S. João Novo, no Porto, mas foi adiado para outubro. De acordo com a acusação, Hans Niderost, de 45 anos, convenceu a mulher a aplicar o dinheiro em falsos investimentos em joias, ouro e petróleo, e a pagar jantares luxuosos que dizia ter com Ricardo Salgado e deputados, mas que seriam com uma outra mulher.



pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub