Sub-categorias

Notícia

Burlonas atacam no dia de Páscoa

Acreditou que bênção de ouro e de dinheiro afastaria as doenças.
Por Fátima Vilaça|18.04.17
Burlonas atacam no dia de Páscoa
Dupla fugiu com 960 euros, brincos, anéis e uma pulseira de ouro Foto Ricardo Cabral
Aproveitaram o facto de a mulher estar no jardim da moradia, em Silvares, no concelho de Guimarães, no domingo de Páscoa, para iniciarem a conversa. Perceberam que a vítima, de 50 anos, estaria a atravessar um problema de saúde e convenceram-na que a bênção do ouro e do dinheiro que tivesse em casa seria capaz de afastar todos os males.

A mulher passou para as mãos das duas burlonas todo o dinheiro que tinha e várias peças de ouro que valiam mais de dois mil euros. Só quando as viu desaparecer, levando todos os bens, percebeu que tinha caído no ‘conto do vigário’. No mesmo dia, apresentou queixa no posto da GNR.

O caso aconteceu no domingo de manhã. A estratégia, que já não é nova e tem sido amplamente divulgada pelas forças de segurança, funcionou uma vez mais. Desta vez, a vítima foi uma mulher de 50 anos. Acreditou na versão das duas burlonas - duas mulheres que aparentavam ter entre 30 e 50 anos - e acabou por perder, ao todo, quase três mil euros.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De pitu18.04.17
    50 anos, ainda é uma idade para não se deixar enganar.
1 Comentário
  • De pitu18.04.17
    50 anos, ainda é uma idade para não se deixar enganar.
    Responder
     
     0
    !

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

Portugal

“Só via bolas de fogo  por todo o lado”

“Só via bolas de fogo por todo o lado”

Celestina Costa, vendedora de peixe, foi apanhada pelas chamas na EN236 e abrigou-se na carrinha refrigerada. Depois ajudou outras pessoas que foram cercadas pelo fogo.

Portugal

PJ cerca bando dos mails

PJ cerca bando dos mails

Todos os envolvidos nas trocas de mails divulgados pelo FC Porto estão na mira da investigação da PJ e do DIAP: do lado do Benfica, da arbitragem e da Liga de Clubes.

pub