Cavaleiro Gualdim Pais põe concelhos em guerra

Amares reclama a naturalidade do ‘monge guerreiro’ e não integra as comemorações.
Por Secundino Cunha|05.09.18
Cavaleiro Gualdim Pais põe concelhos em guerra
Foto Direitos Reservados
Está instalada a polémica.

Todos os sábados, entre 22 deste mês e 20 de outubro, os municípios de Barcelos, Braga, Vila Verde, Coimbra e Tomar realizam as primeiras Jornadas Gualdinianas, para assinalar os 900 anos do cavaleiro templário D. Gualdim Pais, um dos colaboradores mais próximos de D. Afonso Henriques.

Como as jornadas têm como ponto de partida a publicação do romance histórico ‘O Fronteiro Deus - A vida Heróica de Gualdim Pais’, da autoria de Fernando Pinheiro, que defende que o cavaleiro não é natural de Amares, como referem todos os livros de História, mas que nasceu em Barcelinhos, no concelho de Barcelos, o município de Amares ficou de fora das comemorações.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!