Sub-categorias

Notícia

Cerca de 400 deficientes militares apoiados desde 2015

Programa foi criado pelo anterior ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco.
Por Lusa|15.05.17
  • partilhe
  • 0
  • +
Cerca de 400 deficientes militares apoiados desde 2015
Pessoa com deficiência motora Foto Getty Images
O Plano de Ação para os deficientes militares apoiou 431 beneficiários, desde a sua criação em 2015, visando a promoção da autonomia e bem estar-físico e psicológico, segundo o ministério da Defesa.

Do total de 431 beneficiários, 349 são ex-militares, 63 são cuidadores e 19 são situações em que o apoio foi concedido aos militares e cuidadores, num programa que visa "a promoção da saúde, qualidade de vida, autonomia e o envelhecimento bem sucedido dos deficientes militares, particularmente os grandes deficientes", segundo afirmou o ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes.

O programa foi criado em novembro de 2015, pelo anterior ministro da Defesa, José Pedro Aguiar-Branco, visando tornar mais célere a identificação e o encaminhamento dos deficientes militares.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub