Sub-categorias

Notícia

Cortes "não põem em causa operação" das Forças Armadas

Garantia do ministro da Defesa.
Por Lusa|26.11.16
  • partilhe
  • 0
  • +
Cortes "não põem em causa operação" das Forças Armadas
O ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes Foto Lusa

O ministro da Defesa assegurou este sábado que os cortes na área das Forças Armadas "não põem em causa a operação nem a capacidade" daquela estrutura e explicou a necessidade de "contenção" com o cumprimento de compromissos governamentais.

"O Governo comprometeu-se, perante os cidadãos e internacionalmente, com determinados objetivos, nomeadamente em termos de défice, que tem um impacto gigantesco na nossa credibilidade e na forma como podemos, doravante, gerir o futuro", explicou Azeredo Lopes, em declarações aos jornalistas à margem de uma cerimónia em Matosinhos, distrito do Porto.

A edição de hoje do jornal Correio da Manhã indica que o Governo deu ordens aos três ramos das Forças Armadas para cortarem cerca de 32 milhões de euros até ao fim do ano: 14,5 milhões no Exército, 9,5 milhões na Marinha e 7,9 milhões na Força Aérea.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub