Detido na Nazaré por abusos sexuais e violência doméstica proibido de contactar com a mãe

Investigação irá prosseguir sob direção do Departamento de Investigação e Ação Penal de Leiria, com a coadjuvação da Polícia Judiciária.
05.09.18
Um homem detido pela Polícia Judiciária (PJ) na Nazaré, por alegados crimes de abuso sexual e violência sobre a mãe, vai aguardar o processo em liberdade, mas proibido de permanecer na casa de ambos ou contactar com a vítima.

O homem, detido na segunda-feira, foi esta quarta-feira ouvido pelo Tribunal Judicial da Comarca de Leiria e considerado "fortemente indiciado" dos crimes que levaram à sua detenção, ou seja, a prática, em autoria material e na forma consumada, de um crime de abuso sexual de pessoa incapaz de resistência e de um crime de violência doméstica.

Na sua página na Internet, o Ministério Público (MP) refere que no dia 24 de agosto, no interior da residência do arguido e da mãe, o mesmo "praticou atos subsumíveis ao crime de abuso sexual".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!