Sub-categorias

Notícia

Dezenas em dor no funeral de Inês

Menina de 13 anos morreu após ter caído em claraboia de prédio.
Por Luís Oliveira|17.09.17
Foi em silêncio que dezenas de pessoas se despediram, ontem à tarde, de Inês Esteves, a menina de 13 anos que morreu na sequência da queda desamparada pela claraboia de um prédio do bairro de Santa Eugénia, em Viseu.
Dezenas em dor no funeral de Inês

A cerimónia fúnebre, realizada na Igreja Nova de Viseu, foi participada por muitas crianças e também pelo grupo de escuteiros ao qual pertencia a menina. Depois, o corpo foi transportado para o cemitério de Santiago, onde foi cremado por vontade da família.

O acidente aconteceu na quarta-feira ao início da tarde quando Inês brincava com uma amiga enquanto aguardavam a abertura de um centro de explicações. Por causas que estão a ser apuradas pela PSP, a menina caiu pela claraboia, que estava protegida com acrílico e dissimulada por arbustos. A estrutura partiu e Inês caiu 5 metros para um piso de garagens.

A família pede que se faça justiça e que se apurem responsabilidades, alegando que o espaço não estava sinalizado como perigoso.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

Exclusivos

Sócrates tenta calar CM

Sócrates tenta calar CM

Investigação do Correio da Manhã aos negócios de Maria Adelaide e Carlos Santos Silva irritavam José Sócrates.

pub