Sub-categorias

Notícia

Diretora de lar infantil condenada a nove anos de prisão efetiva

Mulher de 36 anos era acusada de algemar crianças e de as queimar com cigarros.
20.03.17
Foi condenada a nove anos de prisão efetiva a ex-diretora do lar Nossa Senhora de Fátima, em Reguengos de Monsaraz, pelo Tribunal de Évora. Vânia Pereira, de 36 anos, estava acusada de 24 crimes - 11 de abuso sexual de menor, sete de maus-tratos, três de sequestro e outros três de peculato. 

A principal arguida, Vânia Pereira, foi detida em abril de 2015. Os crimes, segundo a acusação do DIAP de Évora, decorreram entre 2008 e 2014. 

Durante esses anos, os menores institucionalizados viveram anos de terror entre as quatro paredes do lar. Muitas das crianças foram algemadas a móveis, amarradas com lençóis, trancadas na despensa sem alimentação e obrigadas a urinar para o chão ou para um copo.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De Pontes20.03.17
    Malvadeza em pessoa.
1 Comentário
  • De Pontes20.03.17
    Malvadeza em pessoa.
    Responder
     
     0
    !

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

Exclusivos

Pedro Dias matou a sangue frio

Pedro Dias matou a sangue frio

Perita diz que homicida apontou sempre à cabeça. No caso de Liliane, já estava inanimada quando foi atingida pela segunda vez.

Exclusivos

Predador do Facebook ataca 12 meninas

Predador do Facebook ataca 12 meninas

Rui P. aliciou crianças desde os oito anos a enviarem-lhe fotos e vídeos de cariz sexual, tendo tido encontros sexuais com a maioria das vítimas.

pub