Sub-categorias

Notícia

Diretora de lar infantil condenada a nove anos de prisão efetiva

Mulher de 36 anos era acusada de algemar crianças e de as queimar com cigarros.
20.03.17
Foi condenada a nove anos de prisão efetiva a ex-diretora do lar Nossa Senhora de Fátima, em Reguengos de Monsaraz, pelo Tribunal de Évora. Vânia Pereira, de 36 anos, estava acusada de 24 crimes - 11 de abuso sexual de menor, sete de maus-tratos, três de sequestro e outros três de peculato. 

A principal arguida, Vânia Pereira, foi detida em abril de 2015. Os crimes, segundo a acusação do DIAP de Évora, decorreram entre 2008 e 2014. 

Durante esses anos, os menores institucionalizados viveram anos de terror entre as quatro paredes do lar. Muitas das crianças foram algemadas a móveis, amarradas com lençóis, trancadas na despensa sem alimentação e obrigadas a urinar para o chão ou para um copo.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De Pontes20.03.17
    Malvadeza em pessoa.
1 Comentário
  • De Pontes20.03.17
    Malvadeza em pessoa.
    Responder
     
     0
    !

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub