Sub-categorias

Notícia

Hélder Moreira quebra silêncio no julgamento da 'Máfia de Braga'

Arguido contraria o que afirmou no interrogatório.
Por Aureliana Gomes|15.11.17
Hélder Moreira quebrou, ontem, o silêncio, dois meses depois de ter começado o julgamento da Máfia de Braga, no Tribunal de S. João Novo, no Porto.

O arguido que, num dos autos de interrogatório - lido em audiência a pedido do Ministério Público -, afirmou ter visto o corpo do empresário João Paulo Rodrigues dentro de um bidão, diz agora perante o coletivo de juízes, que afinal não viu nada.

"Estive no Bom Piso [armazém], mas não vi nenhum corpo. Fui lá com o Emanuel Paulino, o Manuel e o Adolfo Bourbon, o Rafael e o Nico [Joaquim Ferreira], no sábado (dia após o rapto), para que retirassem o bidão que o Paulino me tinha pedido para guardar e que alegadamente continha detergente, mas não entrei. Foi também nesse dia que, depois de uma fissura na cuba, descobri pelo cheiro que era ácido", disse ontem.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub