Dois detidos pela PJ de Setúbal por crime de branqueamento

Suspeitos já foram presentes às autoridades judiciárias competentes e ficaram sujeitos ao termo de identidade e residência.
14.06.18
  • partilhe
  • 2
  • +
A Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal anunciou esta quinta-feira a detenção de dois homens, de 36 e 46 anos, sobre os quais recaem "fortes indícios da prática do crime de branqueamento" de capitais, através de 'phishing'.

Segundo um comunicado da PJ, as detenções foram efetuadas "na sequência do desmantelamento, em fevereiro, de uma célula de um grupo internacional organizado" suspeito de branqueamento de capitais provenientes de transferências bancárias ilícitas de vítimas, conhecido na gíria como 'phishing'.

Este grupo, "de forma continuada, desde julho de 2017", apoderou-se "de quantias monetárias de terceiros, com posterior branqueamento dos valores ilicitamente obtidos".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!