Sub-categorias

Notícia

Dois Kamov avariados prontos entre outubro e novembro

Dois helicópteros já não integraram o dispositivo de combate a incêndios de 2015 e 2016.
Por Lusa|17.05.17
Dois Kamov avariados prontos entre outubro e novembro
Helicóptero Kamov de combate a incêndios Foto Vítor N. Garcia

O secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, disse esta quarta-feira que os dois helicópteros Kamov avariados devem estar operacionais em outubro ou novembro, estando neste momento a ser feita uma avaliação final antes da reparação.

Questionado pelos deputados da comissão parlamentar de Agricultura e Mar sobre a atual situação de três Kamov do Estado português, Jorge Gomes avançou que os dois helicópteros inoperacionais vão ser agora reparados e o futuro do terceiro aparelho, acidentado desde 2012, vai ser alvo de uma decisão política a curto-prazo.

O secretário de Estado explicou que os dois helicópteros avariados já não estão sob a responsabilidade da empresa que ganhou o concurso público internacional para a manutenção e operação destes meios aéreos, estando já na posse do Estado.

Jorge Gomes disse que, neste momento, está a decorrer uma fase final de avaliação, tendo o Estado português contado com o apoio da embaixada russa em Lisboa para conseguir fazer o ponto de contacto com o fabricante.

O governante adiantou que em julho deverá ser aberto o concurso público internacional, devendo os dois Kamov estar prontos em outubro e novembro.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De ZédaAustralia17.05.17
    A incompetencia habitual dos que votamos para nos governar...nesta altura do ano todos os meios de combate a incendios deviam estar operacionais...depois nao querem que os acusem de corrupcao....
1 Comentário
  • De ZédaAustralia17.05.17
    A incompetencia habitual dos que votamos para nos governar...nesta altura do ano todos os meios de combate a incendios deviam estar operacionais...depois nao querem que os acusem de corrupcao....
    Responder
     
     0
    !

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub