Sub-categorias

Notícia

Milionário português condenado por agredir a mulher

Nuno Vasconcellos pontapeou Daniela Moreira. Vítima ficou com lesões na testa e nas costas.
Por António Sérgio Azenha|14.09.17
Nuno Vasconcellos, dono da Ongoing, foi condenado pela justiça brasileira por ter agredido a namorada, Daniela Rodrigues Moreira, em fevereiro de 2014.
Milionário português condenado por agredir a mulher

Residente em São Paulo, no Brasil, o empresário, de 53 anos, foi condenado a um ano e quatro meses de detenção em regime aberto por ter aplicado "um pontapé na coxa direita da mulher e, em seguida, um soco no seu rosto", segundo o site brasileiro Blog do Paulo Sampaio.

Com 32 anos, Daniela residia há cinco anos com Vasconcellos, após o líder da Ongoing se ter divorciado de Maria Alexandra Mascarenhas. Segundo o boletim de ocorrência registado no 11ª Distrito Policial em Santo Amaro, zona Sul de São Paulo, a agressão de Vasconcellos à mulher surgiu na sequência de uma discussão entre os dois.

Daniela ficou com lesões na testa e nas costas. Quando foi ouvida pelas autoridades, disse que era agredida pelo empresário desde 2013. Já Vasconcellos afirmou que ela o agrediu verbalmente, o arranhou no pescoço e lhe deu um estalo.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De Lifete14.09.17
    Homem que é homem é assim, valente e corajoso !
4 Comentários
  • De  Anónimo 14.09.17
    Este miserável trafulha foi finalmente condenado por algum crime!!

    Neste caso por ser um cobarde que agride fisicamente pessoas mais frágeis.

    É um valentão esta criatura!
    Responder
     
     0
    !
  • De antonio.canivete14.09.17
    Então que pague pelos seus erros, ninguém tem o direito de agredir. Por ter dinheiro é isso pode bater
    Responder
     
     0
    !
  • De Mamie14.09.17
    Quer o Medina convencer que a agência sonegou o nome do vendedor e que esse nome não constou nos contratos?Esperteza saloia.Contratos directos e não estava presente.E depois?deixou um lacaio para aprovar.Medina, não pense que engana todos, pois todos sabemos como esses negócios são feitos.Grande vig
    Responder
     
     0
    !
  • De Lifete14.09.17
    Homem que é homem é assim, valente e corajoso !
    Responder
     
     0
    !

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub