Sub-categorias

Notícia

Economista acusado de manipular dívida pública admite processar Estado

Peter Boone foi acusado de crime de manipulação de mercados e de ter conseguido ganhos de cerca de 820 mil euros com venda a descoberto de títulos de dívida portuguesa.
Por Lusa|17.07.17
  • partilhe
  • 1
  • +
O economista Peter Boone, que foi acusado pelo Ministério Público (MP) português de ter manipulado títulos da dívida portuguesa, admite processar o Estado por "investigação grosseiramente incompetente e negligente", segundo uma nota enviada à Lusa pela sua defesa.

Na nota enviada à Lusa poucos dias depois de ter transitado em julgado a decisão do Tribunal da Relação de Lisboa que confirma a decisão de não-pronúncia da acusação decidida na primeira instância, a defesa adiantou que o economista canadiano "prepara-se agora para processar o Estado Português por investigação grosseiramente incompetente e negligente conduzida pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) e pelo Ministério Público".

O economista, que foi acusado em 2014 pelo MP do crime de manipulação de mercados em 2010 e de ter conseguido ganhos de cerca de 820 mil euros com venda a descoberto de títulos de dívida portuguesa em 2010, admitiu também instaurar ações aos autores dos relatórios da CMVM relacionados com a investigação.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub