Sub-categorias

Notícia

Empresas unidas contra a falta de obras no IP3

Via é descrita como a mais perigosa de Portugal e conhecida como ‘estrada da morte'.
Por Tiago Virgílio Pereira|13.02.18
Empresas unidas contra a falta de obras no IP3
Foto Nuno André Ferreira
Quatro associações de Viseu, que representam quase três mil empresas, criaram uma petição em que exigem a requalificação completa e adequada do IP3.  
Empresas unidas contra a falta de obras no IP3


"Além do número assustador de acidentes com mortes, é uma via de constrangimento a nível empresarial, sobretudo para as cidades de Viseu e Coimbra, que precisam de bons acessos e seguros para atraírem investimento", explicou ontem ao CM Gualter Mirandez, presidente da Associação Comercial do Distrito de Viseu (ACDV), envolvida na criação da petição, tal como a Associação Empresarial da Região de Viseu, a Associação Empresarial de Mangualde e a Associação Empresarial de Lafões.

Segundo a descrição da petição, "a requalificação do IP3, em toda a sua extensão, é muito urgente e deve incluir os elementos indispensáveis à circulação numa via com elevadíssimo tráfego: duas faixas em cada sentido, separador central, piso correto que drene as águas, iluminação e sinalização adequadas".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!