“Empurrei-a apenas para me defender”

Carlos Pinto atirou Susana para uma ravina por lhe negar cigarro.
Por Ana Isabel Fonseca|15.02.18
Carlos Pinto garantiu esta quarta-feira aos juízes do Tribunal de Santa Maria da Feira que nunca teve intenção de provocar a morte de Susana Gomes, de 37 anos.

A 10 de abril do ano passado, o homem atirou a mulher para uma ravina, junto à rua Ribeiras do Cáster, em Santa Maria da Feira, depois daquela ter recusado dar-lhe um cigarro. Bateu com a cabeça numa pedra e morreu dois dias depois.

"Ela começou a insultar-me e a dar-me murros e pontapés. A minha única solução foi manietá-la. Empurrei-a para o declive, mas foi apenas para me defender. Não ia estar ali parado a levar porrada", disse o homem.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!