Sub-categorias

Notícia

Engenheiro cobrava mil euros para dar licenças

Engenheiro da secção de Obras da autarquia de Olhão detido pela PJ.
Por Tiago Griff e João Mira Godinho|11.01.18
  • partilhe
  • 1
  • +
Cobrava 1000 euros por cada licença para obras que passava ou por fazer avançar os processos de licenciamento mais rapidamente. O homem, de 65 anos, engenheiro e técnico superior na secção de Obras Particulares da câmara de Olhão, foi detido esta quarta-feira pela Polícia Judiciária, por crimes de corrupção passiva. Dois outros homens foram constituídos arguidos.

A detenção aconteceu logo pela manhã, altura em que os homens da Diretoria do Sul da PJ avançaram para duas buscas: na casa do suspeito e no edifício da autarquia. Foram apreendidos computadores pessoais e o de serviço que o técnico utilizava na câmara.

As autoridades estão a investigar perto de uma dezena de situações suspeitas, em que o funcionário municipal participou. Os outros dois homens constituídos arguidos são um inglês e um advogado português que não tem escritório no Algarve. Terão pago ao detido para facilitar processos de licenciamento de obras.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub