Ex-comandante das Forças Terrestres Faria de Meneses em silêncio sobre Tancos

Furto de material militar dos paióis de Tancos foi revelado no final de junho.
12.10.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O general Faria de Meneses, comandante das Forças Terrestres à data do furto das armas dos paióis de Tancos, em 2017, evitou esta sexta-feira comentar o processo.

À margem da escola de quadros da Juventude Popular (JP), em Peniche, Leiria, onde foi falar dos desafios da Defesa Nacional, o tenente-general foi questionado pelos jornalistas sobre o caso, mas preferiu ficar em silêncio.

António Faria de Meneses demitiu-se de comandante das Forças Terrestres por, segundo o Expresso, discordar da forma como foram demitidos cinco comandantes no caso do furto de armas em Tancos, em 2017.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!