Sub-categorias

Notícia

Ex-mulher confessa morte por encomenda

A ex-mulher de João Caetano, que foi torturado até à morte em Maio de 2010 na sua casa em Mira, confessou ontem ao juiz que juntamente com a filha, de 26 anos, deu 20 mil euros a três homens de nacionalidade romena para que matassem o homem. Mãe e filha foram ouvidas durante a tarde pelo juiz de instrução criminal, tal como dois dos homicidas – um terceiro assassino foi extraditado. Ao fecho desta edição, não eram ainda conhecidas as medidas de coacção.

06.04.12
  • partilhe
  • 0
  • 0
Notícia exclusiva para assinantes. Para ler faça Login ou AssineSaiba mais aqui.
Ex-mulher confessa morte por encomenda
João Caetano (foto à esquerda) foi assassinado na sua casa em Mira. Homicidas (um deles à direita, à porta do tribunal) foram ontem presentes a um juiz Foto Ricardo Almeida
Exclusivos CMEste artigo é exclusivo para Assinantes Correio da Manhã
Se já é Assinante, faça o seu loginouClique para ler TODOS OS EXCLUSIVOS CM de hoje.
Obtenha o seu código de acesso com uma simples chamada telefónica (0.60€ + IVA). Se já tem código, insira-o.
Assine agora o Correio da Manhã Digital
  • Assine Acesso integral ao Correio da Manhã ePaper (tal como é impresso em papel, veja exemplo)
  • AssineAcesso ilimitado a todo o site do Correio da Manhã.
  • AssineTodos os exclusivos, opinião e análise da edição em papel.
Saiba mais

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Portugal

pub